• Ligue Agora (48) 3257-6814

  • Contato por E-mail contato@ibedep.com.br

Notícias / Governador revoga decisão que cancelava promoções a servidores públicos de SC

02/06/2016

Trabalhadores estaduais poderão novamente ter acesso a aumentos salariais por promoção.

Governador revoga decisão que cancelava promoções a servidores públicos de SC

governador Raimundo Colombo anunciou na manhã desta quinta-feira que revogou a decisão anunciada no começo desta semana de suspender por tempo indeterminado as promoções aos servidores públicos civis e militares do governo do Estado. Dessa forma, os trabalhadores estaduais poderão novamente ter acesso a aumentos salariais por promoção. Na Polícia Militar, por exemplo, as mudanças de escala na hierarquia continuarão ocorrendo.

A mudança foi comunicada depois de uma nova reunião com a equipe técnica de governo. Colombo justificou a alteração devido aos impactos jurídicos que a medida traria.

— Vamos revogar a decisão tomada junto com o Grupo Gestor pela dificuldade de operação e também pelas consequências jurídicas. Vamos continuar insistindo na economia e vamos trabalhar para que as nossas ações sejam eficientes. Nesse momento a melhor solução é suspender os efeitos — disse Colombo em áudio enviado pela assessoria de comunicação do governo.

 

A alteração deve ser publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira. Na mesma reunião desta quinta, o governador debateu outras iniciativas de redução de gastos, mas nenhuma delas foi anunciada oficialmente. O governo pretende aprofundá-las antes de qualquer divulgação.

Decisão inicial provocou reações

Associações de policiais militares foram as primeiras a reagir a suspensão dasprogressões funcionais para servidores civis e militares determinada pelo governo do Estado na última segunda-feira. Os grupos ainda prometeram buscar a Justiça para reverterem a alteração.

A principal justificativa dada pelo governo no começo da semana foi de que a medida era importante para ajudar na economia de gastos diante da crise econômica que atinge o país.

 

Fonte: ClicRBS

Ver outras notícias